segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Estou ouvindo... (desculpem a pieguice)

Picture of my life - Jamiroquai

Eu nunca tive um sonho que pudesse segui-lo em frente
Somente lágrimas para manchar, e secar meus olhos novamente
Eu não sei quem sou, ou o que
irei fazer
Faz tanto tempo que me tornei irremdiavelmente confuso
Será que isso nunca irá acabar, é infinitamente triste
Alguém pode me dizer quando
Algo bom se tornou tão triste
Então, se vc tem a cura
Para mim, você poderia por favor mandar
Uma foto da minha vida
Com uma carta dizendo como
ela realmente deveria ser

O precipício é bem ali
Mas será que eu irei conseguir
Me jogar no céu, assim finalmente eu poderei morrer
Veja eu me tornei um homem
Que não possui nada de bom
Quem irá ligar se eu simplesmente desaparecer
Será que isso nunca irá acabar, é infinitamente triste
Alguém pode me dizer quando
Algo bom se tornou tão triste
Então, se vc tem a cura
Para mim, você poderia por favor mandar
Uma foto da minha vida
Com uma carta dizendo como
ela realmente deveria ser

(essa música vai feito tufão contra tudo o que já ouvi dessa banda que, desnecessário dizer, é ducaralho... é incrível como, ás vezes [na maioria delas, é verdade] só uma música pode dizer da, ou pra, gente aquilo que realmente sentimos...)

2 comentários:

Escobar Franelas disse...

Citação de Jamiroquai, sabendo que o REM esteve por aqui nessa semana, e depois de ter ouvido Ben Harper no início da manhã... my god, estou no éden!

Tiago Araújo disse...

É sempre assim, desgraça nunca vem sozinha... que bom...