segunda-feira, 23 de março de 2009

ALUCINÓGENO DRAMÁTICO ENSEMBLE!

O ensaio terminou. Sentamos irreverentes e descontraídos, jogando conversa fora entre Marlboros, Casteluches e Raul Seixas. Somos seis. Já fomos doze, um dia. "Sobre Duas Rodas" corre para a estréia. Tranquilidade no ar. Todos sabem o que devem fazer. E fazem. E fazem bem. O futuro próximo é pensado sem muito compromisso. O que virá depois? Tragédia grega? Infantil? Um filme dirigido por Escobar Franelas? Não se sabe. Não há pressa em saber - ao menos não desta vez. Não neste momento e nem hoje. Estamos vivendo o momento. Faculdades, música, artes, pedagogia, inglês, radiologia. Caminhos e expandem e nos trazem até aqui agora. Hora de partir. Fiestas, Escorts e bicicletas cruzam as ruas de São Miguel, cada um em uma direção: Vila Matilde, Pimentas, Itaim, Ferraz. São Miguel funciona como um coração, de onde saem artéias que levam sangue para todo o corpo e voltam, passando novamente pelo motor mais possante da face da terra. São Miguel: um coração onde a Arte acontece. O que eu chamo de Movimento Constante, é sábio. Agora, nas ruas, há placas indicando da direção da Capela de São Miguel Arcanjo, há construções paradas e abandonadas para quais eu olho e penso "seria o cenário perfeito para nosso Drácula". Há chuva no meu walkman em plena Marechal Tito, a velha São Paulo-Rio. Há muita coisa, e um grupo que resiste ao tempo, passando por cima de crises pessoais e coletivas. Há algo que não morre, jamais!
Hoje somos seis extamente nesta ordem de chegada: Tarcisio Hayashi, Bárbara Ramos, Clara Barbosa, Isa Diaz, Marcos Antonyo e eu, Claudemir Santos. Somos o Alucinógeno Dramático, um conjunto em plena perfeição!

Um comentário:

clara disse...

Nossa!!! ki fofo!!!
Gosto do amor q tm pelo grupo, é contagiante.....